“Vencendo a Depressão”

A palavra “depressão” no dicionário Aurélio significa: Abatimento; enfraquecimento físico ou moral; desânimo; esgotamento. É uma das enfermidades emocionais que tem atingido milhares de pessoas, de diversas classes sociais, idades e raças. As causas da depressão são inúmeras e controversas, envolve fatores psicossociais, biológicos e físicos.

A Igreja do Senhor tem um papel importante na Sociedade, no desenvolvimento de um trabalho de libertação para com aqueles irmãos e irmãs que sofrem e padecem desse problema.

Há algum tempo participei de um seminário sobre a cura da alma, em que o  pregador, disse: “Depressão não é pecado, mas pode ser consequência de algum pecado”.

Aqueles que passam por essa experiência (depressão) podem enfrentar sentimentos de grande tristeza, alteração no sono e apetite, desolação, falta de esperança, retraimento social,  ideação suicida e outros.

São muitos os motivos que podem levar a uma depressão:

  • Um problema do passado;
  • Perda de um emprego;
  • Fim de um relacionamento (casamento, namoro, noivado);
  • Decepção com pessoas de confiança;
  • Envolvimentos pecaminosos;
  • Abusos físicos ou sexuais;
  • Dívidas financeiras.

Alguns homens da bíblia (Jó, Davi, Moises, Elias) sofreram de “depressão” devido a momentos difíceis em suas vidas, sentiram medo e desespero, mas Eles clamaram ao Senhor e Deus os livrou e os curou.

Algumas atitudes são necessárias para vencermos a depressão, pois Deus sempre tem um plano de libertação.

  • Reconhecer o problema e que precisa de cura; Salmo 103:3
  • Ter fé e plena certeza de que seremos curados; Hebreus 11:1
  • Renovar nossa mente com a Palavra de Deus; Efésios  4.23
  • Romper com o passado; Filipenses 3.13
  • Perdoar as ofensas; Colossenses 3.13
  • Ansiar por Ele; Salmo 42.1-2
  • Louvar a Deus; Salmo 35.18
  • Clamar por Ele; Salmo 3:4
  • Reconhecer que Ele irá cuidar de você. Salmo 17.8

A palavra de Deus é poderosa e infalível.  Ela pode libertar, restaurar e curar. Aprendi que devemos lê-la (se possível) em voz alta para que as promessas do Senhor possam ser fixadas em nossa mente e coração.

Leia os Salmos da Bíblia 23, 37, 91 e 119, mas os leia (se possível) em voz alta, existem outros lindos Salmos, mas anote esses, e faça um voto de leitura diária.

O Senhor começa a fazer o impossível hoje na sua vida!

 

Anúncios

“ABRA OS MEUS OLHOS”

Muitas vezes, temos a sensação de que estamos sozinhos, abandonados, sem nenhuma proteção. Mas quero mostrar-lhe que DEUS não se esquece de você. Ele a todo tempo, em todas as circunstâncias , está com os olhos voltados para a sua vida. Isso acontece não por que você é BONZINHO e jamais ERRA, mas em virtude do imenso amor dEle.

O IMENSURÁVEL AMOR DO PAI está registrado em João 3:16 : POR QUE DEUS AMOU O MUNDO DE TAL MANEIRA QUE DEU O SEU FILHO UNIGÊNITO , PARA QUE TODO AQUELE QUE NELE CRÊ NÃO PEREÇA, MAS TENHA A VIDA ETERNA.

O amor do SENHOR excede o nosso entendimento e as nossas expectativas. É algo sublime, incomparável, pois este sentimento é a Sua essência. A Bíblia diz que DEUS é amor.

Além do amor, sabe porque o Criador jamais se esquece de VOCÊ ? ELE É onipresente e onisciente. Isso significa que o Senhor está em todo os lugares, independente da situação, e sabe de todas as coisas.

DEUS conhece a mim e a você desde antes de nascermos. Então, como Todo – Poderoso poderia nos esquecer ? É impossível ! SUA MENTE É ETERNA, não definha o tempo.

Nós seres humanos somos há perfeita criação de DEUS. Feito à Sua imagem e semelhança. O Homem vale mais do que qualquer criatura. Então, como Ele se esqueceria da Sua obra-prima ? JAMAIS! … ELE acompanha você por todos os lugares. Ele enxerga sua vida, as suas necessidades, os seus problemas , os seus Sonhos , os seus desejos.

O Pai está no controle de todas as coisas! Creia! Aquiete o seu coração!

 

POR QUE CÉLULAS ?

Porquê é importante participar de uma célula, já que participo dos cultos da igreja? que vou ganhar saindo de minha casa ou abrindo a minha casa para participar de uma célula? Porquê , Porquê … E Porquê …. Então Vamos em Atos 5:42 “TODOS OS DIAS, NO TEMPLO E DE CASA EM CASA, NÃO CESSAVAM DE ENSINAR, E ANUNCIAR A JESUS, O CRISTO …”
As células são pequenos grupos que se reúnem semanalmente, com uma reunião de 60 a 90 minutos, em casas ou outros locais pré-determinados, onde,  sob a coordenação de um LÍDER estudam a palavra de Deus, exaltam o nome do Senhor Jesus Cristo, em um encontro de comunhão, edificação e de evangelismo, a fim de cumprir o mandamento do mesmo Jesus, que disse: “IDE E FAZEI DISCÍPULOS”

Doze razões para se participar de uma célula:

1)
 Na célula, aprendemos a amar as pessoas, através do relacionamento mais próximo, onde conhecemos cada pessoa pelo seu nome, por suas características pessoais, etc.

2) Na célula, aprendemos a palavra de Deus, conhecemos e tomamos posse de suas maravilhosas promessas.

3) 
Na célula, aprendemos a servir ao nosso próximo, pois conhecemos cada um e sabemos suas necessidades. Assim, podemos exercer e praticar o amor que Jesus nos ensinou.

4) Na célula,  existem oportunidades para testemunharmos nossas experiências cristãs. Assim, todos enriquecem sua vida espiritual e são edificados pela ação de Deus na vida de cada discípulo.

5) 
Na célula, é possível levar visitantes que ainda não têm o costume de irem à igreja. Eles poderão, então, conhecer o amor de Deus em um grupo menor e, depois, sem preconceitos ou receios, poderão participar dos cultos de celebração nas igreja.

6) Na célula, cada  discípulo tem a oportunidade de trabalhar, seja exercendo a função de líder, auxilar, ou mesmo como anfitrião, cedendo sua casa para a realização da reunião. Todos podem fazer alguma coisa útil para o crescimento da célula: – ligar para os participantes, para que não se esqueçam das reuniões; preparar o momento inicial (quebra-gelo); orar pelas necessidades do grupo; ligar para os aniversariantes; cuidar das crianças presentes às reuniões; receber as pessoas na porta, etc.

7)
 Na célula é possível exercer os dons espirituais que recebemos de Deus, como por exemplo: – trazendo uma palavra de edificação, exortação e de consolo para os presentes; servindo como instrumento de Deus para abraçar e restaurar os presentes; orando para cura e libertação dos necessitados e de seus familiares, etc.

8) Na célula, nosso caráter cristão é fortalecido e consolidado, pois somos ministrados e confrontados mais de perto pelos líderes e participantes da célula.

9) Na célula, temos a oportunidade de contribuir para o crescimento do Reino de Deus, ganhando vidas e cuidando dos novos discípulos. Assim, cada célula é um lugar de avivamento e de salvação de vidas. Portanto, não é só o pastor ou pessoas do ministério de evangelismo que ganham vidas. Todos os cristãos tornam-se pescadores de vidas.

10) Na célula, nossa família é edificada e nosso sacerdócio é restaurado, pois cada um é ministrado em um grupo homogêneo: – homens, mulheres, jovens e adolescentes.

11) Através das células, não esperamos que as pessoas venham até nós; nós vamos ao encontro delas, em suas casas, em seu ambiente conhecido. Assim, podemos evangelizar e conduzir as pessoas ao encontro do Senhor Jesus Cristo.

12) Participando das células obedecemos à palavra de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador, que nos mandou fazer discípulos. Assim, nós nos tornamos autênticos discípulos e servos do Deus Altíssimo. 

Portanto, reflita e apresente as suas razões. Se elas não forem melhores do que as doze apresentadas acima, obedeça ao Senhor e corra para uma célula.

O Senhor Deus fará grandes e maravilhosas coisas em você, por você e através de você.“Jesus disse que somos luz do mundo… se nossas tochas produzissem mais fogo e menos fumaça, já teríamos ganhado o mundo para o Senhor Jesus Cristo.” 
“Cada célula que se abre é uma tocha acesa brilhando na escuridão. Em breve, haverá tantas tochas acesas que não haverá mais escuridão…”

Deus abençoe.

POR QUE PRECISAMOS ACEITAR JESUS EM NOSSAS VIDAS?

Quando Deus criou o mundo está no capítulo de  Gênesis 1,  Ele criou o homem à sua imagem e semelhança. Ou seja, quando olhamos para você, nos lembramos de Deus, quando você olha para nós, você se lembra de Deus. E Deus criou o ser humano para adorá-Lo e amá-Lo.

Porém a serpente, o nosso arqui-inimigo, o diabo, entrou no mundo para semear dúvida no ser humano com o intuito de destruí-lo.

Foi isto que ele fez com Eva e Adão, induzindo-os a desobedecer a Deus e serem expulsos do paraíso. Neste momento, o ser humano foi destituído da glória de Deus e passou a viver sob o domínio do diabo. E Deus não pode forçar o homem a adorá-lo novamente, porque Deus deu a livre escolha ao homem e portanto, Deus é justo até neste momento.

Por causa deste domínio do diabo que o mundo passa por todas estas desgraças, como: guerras, tristezas e aflições até hoje. Mas Deus não desistiu da humanidade: enviou Jesus, para resgatar do domínio do diabo àqueles que o aceitarem e os transportarem para a luz. Está em Colossenses 1:13 “e que nos tirou do poder das trevas, e nos transportou para o reino do seu Filho amado;” O versículo acima define dois aspectos de quem é Jesus:

  1. É nosso Salvador, o verdadeiro Messias, porque tem o poder de nos tirar do poder do diabo e nos transportar de volta ao Reino de Deus;
  2. É nosso Senhor, porque o próprio versículo o define como rei “reino do seu Filho amado”

O apóstolo João explica muito bem que o diabo é o que nos acusa, que nos faz cometer erros, pecados. E também explica qual o objetivo de Jesus sido enviado por Deus:

1 João 3:8 – “quem comete pecado é do Diabo; porque o Diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo.”

Jesus é a Palavra de Deus (João 1) que foi feito carne e osso e habitou entre nós, é Deus na Terra (2 Pedro 1:1). Deus enviou o seu próprio filho para que todo aquele que NEle creia, não pereça mas tenha vida eterna, conforme João 3:16.

Existe um ditado popular que diz: “Também sou filho de Deus.”. Isto não é verdade. Somos todos criaturas de Deus. Somente seremos filhos de Deus se aceitarmos a Jesus como nosso Senhor e Salvador, conforme está em João 1:12: “Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus;”

Por isso, às vezes dizemos carinhosamente que Jesus é o nosso irmão mais velho. Jesus é o primeiro filho, e quando nós o aceitamos, somos também feitos filhos de Deus.

E Deus enviou Jesus para pagar o preço pelos pecados que a humanidade cometeu desde que Adão e Eva foram destituídos da presença de Deus. Por isto Jesus morreu na cruz, para pagar o preço por todos os nossos pecados, as nossas iniquidades. O profeta Isaías previu a vinda de Jesus nada menos que 700 anos antes disto acontecer.

E atenção para um detalhe importante: todos dizem que Jesus morreu na cruz, mas poucos dizem que depois de três dias, Jesus ressuscitou e depois subiu aos céus para reencontrar Deus Pai. Nenhum outro deus fez isto, somente Jesus o fez. Portanto, Jesus continua vivo e virá pela segunda vez para levar com Ele todos os que crêem nele.

Isto prova que Jesus não é religião, mas sim a verdade, porque ele está vivo e vai voltar. O próprio Jesus disse em João 14:6: “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”

Portanto Jesus é o único caminho para se chegar a Deus. A religião é um meio que o homem inventou para tentar atingir a Deus. Porém, o Evangelho é o contrário: é Deus atingindo às pessoas.Não existe outra maneira de se atingir a Deus senão por Jesus:

1 Timóteo 2:5 – “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem,”

No lugar de Jesus, veio a terceira pessoa de Deus: O Espírito Santo, justamente para nos convencer de nossos pecados e nos voltarmos a Deus novamente, aceitando a Jesus como Senhor e Salvador. Até hoje, o Espírito Santo é quem inspira, quem convence do pecado, quem nos consola, quem nos auxilia.

Não posso forçar a você a aceitar a Jesus em nenhum momento. Se Deus nos deu livre arbítrio, somos nós que decidimos individualmente por nossas vidas se aceitamos ou não a Jesus.

O que podemos dizer é que esta escolha é mesmo de “vida” ou “morte”: de vida eterna ou de morte eterna. Deus diz em Hebreus 9:27 que ao homem é permitido morrer uma só vez, vindo depois o julgamento. O julgamento consiste em saber se o homem passará a eternidade com Deus (vida eterna) ou passará a eternidade separado de Deus para sempre (morte eterna).

Deus diz que o inferno foi feito para o diabo e seus anjos, mas também todo aquele que não aceita a Jesus como seu legítimo Senhor e Salvador, infelizmente terá este mesmo destino. O único meio de se garantir a vida eterna com Deus é aceitando a Jesus em sua vida.

Portanto, faça a escolha certa desde já: aceite a Jesus em sua vida, dê lugar a Ele, entregue seu coração a Ele. Ele é Deus, e Deus é Amor. Deus te ama e é da vontade Dele que você se salve. Porém, esta é uma decisão que somente você pode tomar.

O QUE É DISCERNIMENTO ESPIRITUAL ?

O termo “diagnóstico” significa “traçar o perfil de algo ou de alguém” . É importante ressaltar que esse diagnóstico não é traçado baseado na aparência , nos preconceitos ou prejulgamentos, mas em conclusões claras que estão no ESPIRITO SANTO. É a habilidade ou capacidade dada por DEUS de reconhecer a identidade (e, muitas vezes , a personalidade e a condição) dos espíritos que estão por trás de diferentes manifestações ou atitudes.

O discernimento espiritual é a habilidade conferida por DEUS ao homem , salvo para distinguir o real do aparente, a verdade da mentira, é um dom que , por meio do Espírito Santo, tem relação com a Palavra de DEUS, proporcionando direção segura para aqueles que o buscam.  Tem grande respaldo no conhecimento, no estudo da Palavra de DEUS, é resposta à intimidade e ás coisas do Reino de DEUS, o que traz maturidade, visão e capacidade para discernir entre o bem e o mal.

A capacidade do Discernimento Espiritual é de distinguir se as manifestações espirituais são de DEUS ou das trevas. Assim, as coisas espirituais só podem se discernidas espiritualmente por meio do Espirito Santo de DEUS.

É uma ferramenta de trabalho necessária; é um dom sobrenatural e gratuito que nos é dado pelo Espirito em especiais circusnstâncias, tornando – nos aptos para julgar com sabedoria.

É essencial no processo de tomar decisões sábias, pois exercer discernimento espiritual é também exercer julgamento correto sobre o que acontece no reino espiritual.  Conforme definição do dicionário , julgar é “formar conceito, emitir parecer ou opinião sobre.” Uma definição paralela de julgamento é “tomar decisão , deliberar, avaliar” Esse é o sentido de julgar ou de julgamento.

O discernimento é o fruto do crescimento espiritual e é destinado como dom espiritual aos humildes de coração . O discernimento é uma característica de maturidade. As crianças mão têm a mesma capacidade de distinguir que os adultos têm. Adultos na fé são aqueles que , em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal. HEBREUS 5:14 . Fica claro para nós que o discernimento espiritual e que o seu exercicio ainda maior. Lado a lado com a prática do discernimento espiritual caminha uma vida de consagração a DEUS, não como obrigação, mas de maneira natural.

Ter discernimento espiritual é ser capa de olhar para os “GOLIAS” de nossa vida e enxergar neles muito além de um desafio ou dificuldade. É ver nesses “gigantes” uma afronta ao DEUS vivo, um desafio ao Todo – Poderoso. É ser capaz de enfrentá-los , sabendo que maior é o que está em nós do que o que está no mundo(1 João 4:4).

Estaremos aptos para saber o que está operando por trás de cada desafio ou dificuldade que se coloca diante de nós; Estaremos habilitados a saber o que ocorre na esfera espiritual e a enfrentar o inimigo de nossas almas, Satánas. Assim , estaremos prontos para vencer as batalhas da vida.

O QUE SIGNIFICA DISCERNIR ?

“Discernir” , segundo o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, significa “perceber claramente (algo, diferenças, etc.), distinguir, diferenciar, discriminar.” Pode-se dizer que é sinal de bom senso. Aquele que tem discernimento pode posicionar-se de forma mais segura, com sabedoria. É essencial no processo de tomar decisões para o crescimento. Quem deseja aprender a discernir nunca deve precipitar-se nas ideias que formam as coisas, ao contrário, deve procurar examiná-las de todos os ângulos possíveis até chegar à conclusão . Deve – se refletir mais e falar menos, procurar compreender, aguardar compreensão.

O grande sinal do progresso para o homem no que se refere ao discernimento é a honesta identificação de seus próprios problemas. Além do ato de conhecer distintamente, medir ou avaliar, deve – se considerar que existe um parâmetro para se fazer a avaliação. Cada área do discernimento exige, antes de tudo, conhecimento para julgamento . O ato de discernir as coisas é muito particular , varia de pessoa para pessoa. O que é bom para uma pessoa pode não ser para a outra pessoa, mas todos precisam ter a sensibilidade de discernir entre o que é certo o que é errado.

Todas as pessoas precisam de discernimento para qualquer tarefa que forem desenvolver, seja no aspecto profissional , sentimental ou espiritual.

O discernimento é o primeiro passo para o sucesso de uma pessoa.

 

 

Não tenha medo do poder das aparências

O exército de Israel foi impactado pela aparência de Golias, um guerreiro de estatura gigantesca, com quase três metros de altura, fortemente armado e espalhado ameaças à sua volta. Os israelitas tiveram seus olhos voltados para uma visão que mostrava uma luta impossível e traduzia o mais completo significado do termo “derrota”.
Nós também agimos assim. Sempre temos nossa atenção voltada para as aparências que as dificuldades nos apresentam, e nos tornamos fracos, desanimados e temerosos diante delas. Não importa qual o gigante que enfrentamos, suas afrontas nos causam medo. Agimos de forma semelhante  aos israelitas na planície de Elá – Nós prendemos aos obstáculos e só temos olhos para a AFLIÇÃO do momento.
Davi enxergou além das aparências de Golias. O Jovem Pastor de Ovelhas teve sua atenção chamada para o desafio e para a afronta que o gigante fez ao DEUS de Israel. Davi conhecia a DEUS e ao seu poder! Por isso não se sentiu temeroso, nem agiu covardemente, como Saul. Pelo contrário, em vez de fixar o s olhos em Golias, ele enxergou o poder de Deus que lhe daria a vitória sobre qualquer um que difamasse o nome do Senhor.
Enquanto o povo estava olhando para o problema e o avaliava de acordo com o que via e ouvia, Davi estava olhando para a Palavra de DEUS e avaliava o problema de acordo com esta palavra.
Por isso, enquanto o povo perguntava: “Quem somos nós em comparação a Golias ?”, Davi perguntava: “Quem é Golias em comparação a Deus?”. Portanto, não é o que nós vemos, mas como nós avaliamos como Israel, ou seja, usando nossos cinco sentidos, a “realidade” aparente, ou nós avaliamos como Davi fez, isto é , usando a Palavra de DEUS conforme o padrão ? .
Se quisermos vencer as batalhas da vida, teremos que ter também a mesma certeza que teve Davi, não nos espantarmos com a aparência do inimigo e nos lembrarmos do que diz a Palavra de Deus: TORRE FORTE É O NOME DO SENHOR ; PARA ELA CORRERÁ O JUSTO E ESTARÁ EM ALTO RETIRO . (PROVÉRBIOS 18:10)”